Mateus

Evangelho do dia 18/08: Mt 19,3-12

O Evangelho desta sexta-feira, dia 18/08, foi escrito pelo Evangelista Mateus. Faça a leitura em Mateus, capítulo 19, versículos de 3 a 12 (Mt 19,3-12). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Mateus
  • Evangelho: (Mt 19,3-12)
  • Dia da Liturgia: 18/08/2017 Sexta-feira da 19ª semana do Tempo Comum

Naquele tempo, os fariseus vieram perguntar a Jesus para pô-lo à prova: “É permitido a um homem rejeitar sua mulher por um motivo qualquer?”

Respondeu-lhes Jesus: “Não lestes que o Criador, no começo, fez o homem e a mulher e disse:
‘Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne’?
Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu”.
Disseram-lhe eles: “Por que, então, Moisés ordenou dar um documento de divórcio à mulher, ao rejeitá-la?”

Jesus respondeu-lhes: “É por causa da dureza de vosso coração que Moisés havia tolerado o repúdio das mulheres; mas no começo não foi assim.

Ora, eu vos declaro que todo aquele que rejeita sua mulher, exceto no caso de matrimônio falso, e desposa uma outra, comete adultério. E aquele que desposa uma mulher rejeitada, comete também adultério”.
Seus discípulos disseram-lhe: “Se tal é a condição do homem a respeito da mulher, é melhor não se casar!”

Respondeu ele: “Nem todos são capazes de compreender o sentido desta palavra, mas somente aqueles a quem foi dado.

Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda”.