Categoria: Evangelhos

Lucas

Evangelho do dia 20/08: Lc 1,39-56

O Evangelho deste domingo, dia 20/08, foi escrito pelo Evangelista Lucas. Faça a leitura em Lucas, capítulo 1, versículos de 39 a 56 (Lc 1,39-56). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Lucas
  • Evangelho: (Lc 1,39-56)
  • Dia da Liturgia: 20/08/2017 Assunção de Nossa Senhora

Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Com um grande grito, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre! Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”.

Então Maria disse: “A minha alma engrandece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada, porque o Todo-poderoso fez grandes coisas em meu favor. O seu nome é santo, e sua misericórdia se estende, de geração em geração, a todos os que o respeitam. Ele mostrou a força de seu braço: dispersou os soberbos de coração.

Derrubou do trono os poderosos e elevou os humildes. Encheu de bens os famintos, e despediu os ricos de mãos vazias. Socorreu Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre”. Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa.

Mateus

Evangelho do dia 19/08: Mt 19,13-15

O Evangelho deste sábado, dia 19/08, foi escrito pelo Evangelista Mateus. Faça a leitura em Mateus, capítulo 19, versículos de 13 a 15 (Mt 19,13-15 ). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Mateus
  • Evangelho: (Mt 19,13-15)
  • Dia da Liturgia: 19/08/2017 Sábado da 19ª semana do Tempo Comum

 Naquele momento, levaram crianças a Jesus, para que impusesse as mãos sobre elas e fizesse uma oração. Os discípulos, porém, as repreenderam.

Jesus disse: Deixai as crianças, e não as impeçais de virem a mim; porque a pessoas assim é que pertence o Reino dos Céus. E depois de impor as mãos sobre elas, ele partiu dali.

Mateus

Evangelho do dia 18/08: Mt 19,3-12

O Evangelho desta sexta-feira, dia 18/08, foi escrito pelo Evangelista Mateus. Faça a leitura em Mateus, capítulo 19, versículos de 3 a 12 (Mt 19,3-12). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Mateus
  • Evangelho: (Mt 19,3-12)
  • Dia da Liturgia: 18/08/2017 Sexta-feira da 19ª semana do Tempo Comum

Naquele tempo, os fariseus vieram perguntar a Jesus para pô-lo à prova: “É permitido a um homem rejeitar sua mulher por um motivo qualquer?”

Respondeu-lhes Jesus: “Não lestes que o Criador, no começo, fez o homem e a mulher e disse:
‘Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne’?
Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu”.
Disseram-lhe eles: “Por que, então, Moisés ordenou dar um documento de divórcio à mulher, ao rejeitá-la?”

Jesus respondeu-lhes: “É por causa da dureza de vosso coração que Moisés havia tolerado o repúdio das mulheres; mas no começo não foi assim.

Ora, eu vos declaro que todo aquele que rejeita sua mulher, exceto no caso de matrimônio falso, e desposa uma outra, comete adultério. E aquele que desposa uma mulher rejeitada, comete também adultério”.
Seus discípulos disseram-lhe: “Se tal é a condição do homem a respeito da mulher, é melhor não se casar!”

Respondeu ele: “Nem todos são capazes de compreender o sentido desta palavra, mas somente aqueles a quem foi dado.

Porque há eunucos que o são desde o ventre de suas mães, há eunucos tornados tais pelas mãos dos homens e há eunucos que a si mesmos se fizeram eunucos por amor do Reino dos céus. Quem puder compreender, compreenda”.

Mateus

Evangelho do dia 17/08: Mt 18,21-19,1

O Evangelho desta quinta-feira, dia 17/08, foi escrito pelo Evangelista Mateus. Faça a leitura em Mateus, capítulo 18, versículos de 21 a 19,1(Mt 18,21–19,1). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Mateus
  • Evangelho: (Mt 18,21–19,1)
  • Dia da Liturgia: 17/08/2017 Quinta-feira da 19ª semana do Tempo Comum

Naquele tempo, Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: “Senhor, quantas vezes devo perdoar, se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes?” Jesus respondeu: “Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete. Porque o Reino dos Céus é como um rei que resolveu acertar as contas com seus empregados. Quando começou o acerto, trouxeram-lhe um que lhe devia uma enorme fortuna.

Como o empregado não tivesse com que pagar, o patrão mandou que fosse vendido como escravo, junto com a mulher e os filhos e tudo o que possuía, para que pagasse a dívida. O empregado, porém, caiu aos pés do patrão, e, prostrado, suplicava: ‘Dá-me um prazo! e eu te pagarei tudo’. Diante disso, o patrão teve compaixão, soltou o empregado e perdoou-lhe a dívida. Ao sair dali, aquele empregado encontrou um dos seus companheiros que lhe devia apenas cem moedas. Ele o agarrou e começou a sufocá-lo, dizendo: ‘Paga o que me deves’.

O companheiro, caindo aos seus pés, suplicava: ‘Dá-me um prazo! e eu te pagarei’. Mas o empregado não quis saber disso. Saiu e mandou jogá-lo na prisão, até que pagasse o que devia. Vendo o que havia acontecido, os outros empregados ficaram muito tristes, procuraram o patrão e lhe contaram tudo. Então o patrão mandou chamá-lo e lhe disse: ‘Empregado perverso, eu te perdoei toda a tua dívida, porque tu me suplicaste. Não devias, tu também, ter compaixão do teu companheiro, como eu tive compaixão de ti?’

O patrão indignou-se e mandou entregar aquele empregado aos torturadores, até que pagasse toda a sua dívida. É assim que o meu Pai que está nos céus fará convosco, se cada um não perdoar de coração ao seu irmão”. Ao terminar estes discursos, Jesus deixou a Galileia e veio para o território da Judeia além do Jordão.

Mateus

Evangelho do dia 11/08: Mt 16,24-28

O Evangelho desta sexta-feira, dia 11/08, foi escrito pelo Evangelista Mateus. Faça a leitura em Mateus, capítulo 16, versículos de 24 a 28 (Mt 16,24-28). Leia a palavra do dia:

  • Evangelista: Mateus
  • Evangelho: (Mt 16,24-28)
  • Dia da Liturgia: 11/08/2017 Sexta-feira da 18ª semana do Tempo Comum

Naquele tempo, Jesus disse aos discípulos: “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e me siga. Pois quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la; e quem perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la.

De fato, de que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro mas perder a sua vida? Que poderá alguém dar em troca de sua vida? Porque o Filho do Homem virá na glória do seu Pai, com os seus anjos, e então retribuirá a cada um de acordo com a sua conduta.

Em verdade vos digo: Alguns daqueles que estão aqui não morrerão antes de verem o Filho do Homem vindo com seu Reino”.